Publicidade
Especial: Conheça Samuel Nascimento, ator de “High School Musical: O Desafio”

HSMODesafio_Samuka_01

O Corinthiano Samuel Nascimento, ou Samuka como é conhecido pelos amigos, tem 25 anos e é de Guarulhos, São Paulo. Filho de Rute Da Silva Nascimento (Professora) e Antônio Carlos Nascimento (Metalúrgico), Samuel é um perna de pau no futebol, como dizem os amigos do elenco, mas quando o assunto é dança, ele manda muito bem, como todos já pudemos conferir. Em “High School Musical: O Desafio” ele da vida ao Samuel, amigo e companheiro de time de Olavo, tem uma queda por Wanessa, fator importante em sua decisão de entrar no concurso de música.

Grande amigo, não consegue negar um pedido e e está sempre de bom humor, pronto para qualquer parada. Ótimo jogador de futebol, ele sempre está de boné, bermuda e tênis formando seu fiel uniforme. Abaixo você confere a entrevista feita com ele, enviada pela Disney para toda a imprensa.

HSMODesafio_Samuka_02

ENTREVISTA COM SAMUEL NASCIMENTO

Qual sua formação?
Minha formação é basicamente musical, comecei a cantar e tocar muito cedo. Toco violão e canto desde os 17 ou menos. Comecei cantando em corais em igrejas, depois fiz parte de bandas onde eu tocava e cantava. Também foi nessa época que eu comecei a dançar em grupos de dança de rua em Guarulhos. E fazia teatro em escolas e igrejas pela região.

Como entrou para a seleção?
Foi engraçado porque minhas irmãs (tenho duas irmãs mais novas, Suliê e Suellen) já eram muitos fãs de “High School Musical”. Mas eu não conhecia muito. Aí um amigo meu me falou sobre o teste e eu entrei.

O que mudou na sua vida quando entrou para o programa de seleção?
Acho que basicamente meus horários, e tive que aprender a trabalhar com muitas pessoas diferentes, a produção envolvida em um projeto como esse é muito grande, mas tem sido maravilhoso.

Você já pensava neste papel ou foi uma surpresa?
Na verdade eu já pensava sim. Que faria um personagem muito amigo, e foi muito bom fazê-lo.

Você se inspirou em algum personagem de “High School Musical”?
Todos os personagens são originais, mas, se eu tivesse que comparar, acho que ele seria mais parecido com o personagem que o ator Corbin Bleu fez em “High School Musical”, simplesmente pelo fato de ser um personagem muito amigo de toda galera, que transmite muita confiança.

Qual seu conhecimento de musicais de uma forma em geral?
Já era muito fã de musicais, mas não imaginava fazer um. Eu sempre tive muita vontade de fazer esse tipo de trabalho que exige muito do artista.

Como é seu relacionamento com sua parceira direta, a Karol?
Ela é maravilhosa, temos uma afinidade muito grande, gostamos das mesmas coisas e ouvimos o mesmo estilo de música, ela é uma pessoa muito especial, e isso com certeza nos ajudou muito nas filmagens.

Nos bastidores, você fazia beat box e dançava break… Qual sua ligação com o hip hop?
Eu amo hip hop, amo o estilo, amo dançar esse estilo, estou sempre vendo vídeos, tive a oportunidade de aprender muito com Tati Sanches, que foi a coreógrafa e diretora artística dos nossos shows. É um estilo que eu amo, que eu faço, que está sempre no meu iPod… É isso (risos)

Como foi a convivência de vocês durante a filmagem?
Foi ótimo. Na verdade já estamos juntos há mais ou menos um ano, trabalhando muito nesse projeto. Então foi muito divertido, porque somos muito amigos e nos divertimos no set de filmagens. Para esse filme, moramos todos juntos em uma casa na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Imagina né? A diversão era de lei (risos).

O que vai fazer entre o fim da filmagem e a estreia?
Tem muito trabalho agora. Além de participar de “High School Musical”, que volta em turnê, também faço parte da série do Disney Channel “Quando Toca o Sino”, que é a primeira série totalmente brasileira do canal. Estou muito feliz com os resultados. Acabamos de lançar a trilha sonora da série, e é isso que eu vou fazer agora: divulgar o CD, fazer shows com “High School Musical” e, no finzinho do ano, gravar a segunda temporada dessa série. Vai ser uma correria legal.

Como “High School Musical” foi referência para você?
Acho que principalmente na mensagem, que acredito ser universal: devemos acreditar nos sonhos e fazer aquilo que temos vontade, sem nos importar com o que os outros irão pensar. Nesse sentido a nossa historia é bem parecida.

HSMODesafio_Samuka_03

Comentários